Lixeira do Windows

99) Assinale a opção correta.
a) A lixeira do Windows é configurada por default (padrão) em 10% do tamanho do HD. Tal valor pode ser alterado.
b) A lixeira do Windows é configurada por default (padrão) em 15% do tamanho do HD. Tal valor pode ser alterado.
c) A lixeira do Windows é configurada por default (padrão) em 10% do tamanho do HD. Tal valor não pode ser alterado.
d) Por meio das propriedades da Lixeira, não é possível configurá-la para que os arquivos sejam excluídos sem serem armazenados.
e) A lixeira do Windows não pode ser configurada, o valor não pode ser alterado.

A configuração padrão de tamanho da Lixeira do Windows é 10%, assim como o tamanho do arquivo SWAP (arquivo de troca, arquivo de paginação). Quando um arquivo é excluído do computador, o primeiro caracter do nome do arquivo é substituído por $, e ele ainda permanece na tabela de alocação de arquivos (FAT), e o local onde está gravado poderá ser escrito por outra informação se for necessário (pouco espaço livre em disco). Se o arquivo é excluído definitivamente (pelo Shift+Del), a entrada na FAT é apagada, o espaço em disco é liberada, mas os dados permanecem gravados no disco, nos respectivos clusters (unidades de alocação). Se um programa de recuperação de arquivos é executado (como o GetDtaBack for NTFS ou Recuva32), primeiro ele identifica as entradas da FAT que iniciam com $ [arquivos deletados mas não removidos] e os exibe para o usuário. Se o arquivo procurado não estiver na lista primária apresentada, podemos optar pela busca profunda (deep search), que é a análise de cada cluster do disco rígido à procura de fragmentos dos arquivos excluídos. O índice de sucesso na recuperação de arquivos está diretamente ligado à quantidade de informação inserida no computador desde a exclusão do arquivo, porque as chances de que alguns clusters tenham sido sobre-escritos por novos dados são maiores. Tentar recuperar um arquivo imediatamente após esvaziar a Lixeira, obtemos sucesso em quase 100% das tentativas.

Dica de profissional: tenha um software de recuperação de arquivos excluídos instalado em seu computador. Nunca se sabe quando podemos precisar dele. Sugestões: GetDataBack for NTFS, Recuva32, WinUtilities Undelete, GetDataBack for FAT (para pen-drives), Fast Flash Recovery (para cartões SD, MMC, SM, MS, CF MD, usados em máquinas fotográficas), e outros softwares pesquisados na Internet com a palavra chave UNDELETE.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s